Conhecido também como Cartão Nacional de Saúde (CNS), o famoso cartão do SUS funciona como um documento de identificação para todos os brasileiros, independente de sua renda ou idade, aceito em toda a rede de saúde nacional.

Para que serve

Desenvolvido em 2001 pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde, o Cartão do SUS foi pensado não apenas para ser utilizado no Sistema Único de Saúde, o SUS.

Esse produto funciona como um grande mecanismo de identificação de todos os pacientes que passam por hospitais e postos de saúde, graças a um número, imutável e único, atribuído a cada pessoa que solicita o cartão.

Esse número faz o papel de identidade, não apenas identificando esta pessoa, mas permitindo que médicos e enfermeiras conheçam um pouco de seu histórico de saúde, já que ele agrupa dados sobre consultas marcadas, especialistas consultados e exames feitos ou solicitados.

Além disso, o cartão do SUS permite que o médico saiba também os remédios que aquele paciente está acostumado a usar, facilitando o atendimento, sobretudo em casos de urgência.

Como solicitar o cartão do SUS

Presencialmente

Como todos os documentos públicos brasileiros, o cartão do SUS pode ser solicitado presencialmente, em determinados locais preparados para tal serviço.

O que isso quer dizer? Que uma pessoa, maior de idade ou que seja responsável por outra (seja seu filho, pai, mãe ou outro de quem seja tutor legal), pode ir até a Secretaria Municipal de Saúde, postos de saúde ou hospitais municipais e solicitar o documento.

Para confeccionar o cartão do SUS, no entanto, é preciso estar com um documento original com foto (o RG e a carteira de habilitação são aceitos), o CPF ou seu número, caso ele esteja inserido no RG e, ainda, um comprovante de residência.

A recomendação para quem vai emitir o documento de forma presencial é procurar sempre uma unidade próxima de sua residência. Caso não conheça o endereço de nenhuma, basta solicitar essa informação no Disque Saúde, que pode ser acessado no número 136.

Via internet

Como parte de seus esforços para desburocratizar a máquina pública e tornar os serviços oferecidos mais eficientes, o Ministério da Saúde permite que os brasileiros façam um pré-cadastro.

Embora esse processo não signifique que você já terá seu cartão do SUS, já que será necessário comparecer a uma unidade física para imprimir o documento, boa parte do procedimento já será adiantada.

Neste caso, será preciso apenas acessar o Portal do Cidadão, em portaldocidadao.saude.gov.br, localizar a página onde é feito o pré-cadastro do cartão do SUS e informar seus dados.

Coloque também um e-mail válido e guarde a senha enviada por esse meio de comunicação. Depois desta etapa, basta imprimir o comprovante de que você deu entrada no pedido do cartão e procurar um posto para finalizar o processo.

Segunda via

Como todo documento, o cartão do SUS pode ser roubado ou mesmo perdido. Quando isso acontece, você não deixa de ser atendido caso tenha uma emergência.

No entanto, é necessário providenciar uma segunda via do documento, para dar continuidade a seu atendimento.

Para isso, basta acessar o portal do cidadão e informar os dados pessoais. A página lhe informará seu número do cartão. De posse deste dado, é preciso apenas inserir o número e a senha de acesso.

Quem não tem essa numeração ou esqueceu pode obter uma nova ou recuperar a antiga, clicando em recuperar senha. Em seguida, basta imprimir a segunda via do cartão.

No votes yet.
Please wait...