A Internet não é Renda Extra, é um Negócio

Home / Blogueiro / A Internet não é Renda Extra, é um Negócio

A Internet não é Renda Extra, é um Negócio

Nesse post falarei de algo que muitos consideram como renda extra, mais para mim a internet não é apenas renda extra, é um negócio!

Por sinal muito lucrativo, como todos aqueles que acompanham a internet marketing nos últimos anos eu também tenho visto e acompanhado muitos empreendedores de sucesso no ramo digital, e também quero fazer parte deste grupo seleto.

A Internet não é Renda Extra, é um Negócio

Muitas pessoas estão fazendo uma verdadeira fortuna trabalhando através da internet com o marketing de afiliados, o que seria apenas uma renda complementar no fim do mês esta se tornando para muitos sua principal fonte de renda.

Mais gostaria de lembrar que nem sempre foi assim, e voltando um pouco no tempo em meados dos anos 90 quando ninguém imaginava que a internet seria o que seria hoje, o mundo virtual dos negócios mobilizava grandes fortunas de investidores profissionais em negócios na internet, bastou um jovem considerado gênio criar uma empresa chamada (pontocom).

Um breve resumo da empresa (pontocom)

Entre os anos de 1995 até 11 março de 2000, quando estourou a bolha da internet na NASDAQ ( bolsa de valores dos USA) muitas empresas foram criadas na internet, alimentadas por um pensamento generalizado que o modelo de negócio tradicional teria seu ciclo esgotado e só sobreviveriam as novas.

No período de 11 de março de 2000 a 9 de outubro de 2002 o índice NASDAQ perdeu 78% do seu valor o mito foi vencido pela realidade, somente grandes ideias não são suficientes.

A partir de uma grande ideia, estas empresas não apresentavam uma estrutura adequada de um negócio, não havia planejamento, controle, geração de receita, muitos fundavam empresas para vendê-las mais tarde com grandes lucros.

A mais de 15 anos uma multa de US$ 40 dólares por atraso na devolução de um DVD numa loja da Blockbuster mudou a vida do empresário americano Reed Hastings. Irritado com a penalidade que lhe fora aplicada, ele decidiu montar a Neflix, sua ação contribuiu para a falência da Bl.ockbuster em 2010 (revista Época 2/4/2012).

Citarei alguns modelos de negócios na internet

São três os modelos mais utilizados na internet (existem outros):

  1. Intermediação de negócios
  2. Comercialização de propaganda
  3. Comercio Eletrônico – E-commerce

Intermediação de negócios.

O objetivo é aproximar vendedores e compradores entre empresas, entre empresas e consumidores finais ou entre pessoas. A principal fonte de receita dessas empresas é representada por comissões ou taxas por transação.

Uma das mais conhecidas no ramo digital hoje é o bomnegócio e quando se trata de marketing de afiliados o Hotmart, é a principal plataforma de comercio de produtos digitais do momento.

Veja outras formas

Shopping virtual: conceito de shopping Center, abriga lojas como por ex: (Mercado livre, Yahoo shopping), cobram taxas das lojas, cobram manutenção, cobram taxas transacionais.

Sites de comparação: Ex: Coleta e compara preços (Buscapé, venere.com, Brooking.com, decolar).

Comercialização de propaganda

É uma extensão do modelo tradicional de propaganda é um dos primeiros modelos consolidados na internet, presta serviços a seus usuários gratuitamente, são mantidos por propagandas de outras empresas como (Google ads, Blogs, Facebook ads, Youtube). Entre outros.

Comercio Eletrônico – E-commerce

São lojas virtuais empresas de revenda e varejo na web pode ser extensão de empresas tradicionais ou criadas exclusivamente na web. (Magazine Luiza, Casas Bahia).

O propósito é atingir um grande numero de compradores, segundo o Ibope Media, somos 105 milhões de internautas, o Brasil é o 5º país com o maior número de conexões à Internet no mundo de acordo com a Fecomércio-RJ/Ipsos.

Trabalhar na internet hoje já ultrapassou a fase da aventura e da especulação, hoje os negócios da internet trabalham com oportunidades reais, o mundo virtual dos negócios continuará a se expandir pelos próximos anos, tenho acompanhado alguns especialistas no assunto que dizem que a internet esta apenas “engatinhando” aqui no Brasil comparado aos E.U. A, e ainda tem muito a crescer. Como já disse a internet não é renda extra, é um negócio.

Uma das formas mais rápida de Ganhar dinheiro na internet hoje é trabalhar como afiliado pelo Hotmart, um curso que eu recomendo neste caso é o Afiliado Expert, é um curso completo em vídeos que ensina tudo que uma pessoa precisa para ganhar dinheiro na internet trabalhando como afiliado.

Ganhar dinheiro na internet não pode ser considerado como algo separado da realidade é uma importante estratégia para ampliar negócios tradicionais, e principalmente para novos negócios, pois permitem explorar nichos de mercado ainda pouco explorado e personalizar o atendimento de clientes, as pessoas não gostam de falar com empresas sabe quando você liga para sua operadora de celular e fica 20 minutos ouvindo aquelas “musiquinhas” chatas esperando ser atendido, o mundo esta moderno e as pessoas estão cada dia mais sem tempo e querem falar  com pessoas que resolvam seus problemas sem passar por um atendimento eletrônico sim ou não?

E é isso que a internet pode nos proporcionar esteja sempre atualizado, é bom para os negócios trabalhe em casa perto da sua família sem preocupação de perde a hora e chega atrasado faça da internet sua renda principal e demita seu patrão hoje mesmo!

No votes yet.
Please wait...

LEAVE A COMMENT

All fields are mandatory.